Responsive image

agosto 29, 2014

O significado das flores

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Toda “Mulherzinha” tem que saber o significado de algumas flores, pelo menos as mais comuns.  Então segue algumas dicas:

Tulipa – Beleza e prosperidade. 
Amarela: amor com esperança, reconciliação. 
Vermelha: declaração de amor.
Melhor época: agosto
 
 Rosa – Eterna paixão, romantismo.
Amarela: alegria, saúde e sucesso.
Branca: pureza, paz, amor espiritual.
Vermelha: adminiração, desejo, paixão.
Champagne: admiração, recordação.
Laranja: entusiasmo, encanto.
Cor-de-rosa: amizade, gratidão, carinho.
Melhor época: novembro e dezembro
 Orquídea – Beleza, luxúria, perfeição, pureza espiritual.
Melhor época: janeiro, fevereiro e março.
Margarida – Inocência, amor leal.
Melhor época: março
 Lizianthus – sofisticação
Melhor época: janeiro
Lirio – Casamento, pureza, nobreza, proteção.
Melhor época: outubro, novembro e dezembro.
Girassol – Glória, dignidade
Melhor época: agosto, setembro, outubro e novembro.
Quanto à época, hoje já temos empresas que produzem todas as flores o ano todo.
O clima bagunçado não ajuda a estipular um período certo para cada planta.  As vezes temos um inverno quente e um verão frio.
Sempre que puder, dê um passeio no Ceagesp, além encontrar lindas plantas e frutas é um ótimo passeio.

Tags: , ,

agosto 27, 2014

Teoria das cores

Postado por Erica

A Teoria das Cores afirma que a cor é um fenômeno físico relacionado a existência da luz, ou seja, se a luz não existisse, não existiriam cores. O preto é percebido quando algo absorve praticamente toda a luz que o atinge. Já o branco é percebido em algo que reflete praticamente todas as faixas de luz. Pode-se dizer que o branco e o preto não são cores propriamente, e sim a presença ou ausência da luz.

Isaac Newton foi o primeiro a associar que a luz do Sol tinha forte relação com a existência das cores, quando dissociou a luz solar nas cores do arco-íris através de um prisma.Surgia ali o primeiro esboço do que posteriormente viria a ser chamada de Teoria das Cores.
Vários estudiosos do passado se dedicaram a entender o fenômeno das cores. Os primeiros sistemas de cores foram os de Newton e de Goethe.
Estes sistemas se concentravam mais em saber como se formavam as cores. O Sistema de Chevreul, mais recente, também utiliza de um eixo vertical que indica o brilho e a saturação da cor.
O sistema esférico de Otto Runge pretende descrever e encontrar harmonias cromáticas. Aqui, as cores puras e suas misturas situam-se no equador da esfera, e enquanto se aproximam do centro, pendem para a cor cinzento médio. Assim, as cores tornam-se escuras em direção ao pólo inferior até atingir o preto, e tornam-se claras , até ao pólo superior, atingindo o branco.
Estes são sistemas de cores que visam organizar e racionalizar o estudo das cores no intuito de se constituir uma teoria das cores, no entanto a harmonia entre as cores não é assim tão objetiva. Hoje sabe-se bem que a cor é um fenômeno subjetivo, pois ela é constituída de ondas eletromagnéticas de uma faixa de frequência tal que as colocam dentro do que denomina-se espectro visível, ou seja, a faixa de frequência daquelas ondas que são captadas pela sensibilidade dos olhos humanos. Animais veem tudo de forma diferente.

 

Tags: , , ,

agosto 27, 2014

Branco ou Grafite?

Postado por Erica

Hotel Au Vieux Panier, anualmente redecora seus quartos. Esse quarto aí foi criado por um artista gráfico chamado Tilt e ganhou o nome de The Panic Room. METADE BRANCO / METADE GRAFITE.

A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro. O estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.
Hoje, o grafite invadiu os espaços mais chiques como restaurantes, galerias, shopping e lojas. Sem esquecer das peças de diversos designer que trazem o grafite como inspiração.

 

 

 

Tags: , , , , ,