Responsive image

setembro 11, 2014

Dieta: metas e objetivos

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas e todos que acompanham nossos posts.

Na dieta, acho muito importante colocar meta e objetivos que sejam atingíveis.  Não adianta nada você colocar…”meta – perder 30kg.  É algo que demorará muito e pode te deixar sem ânimo.  Então é muito mais fácil ir aos poucos…”meta – 5kg.  Aposto que você ficará muito mais feliz em atingir a meta e renová-las.

Diante do exposto acima, seguem minhas metas para os próximos 10 dias:
* Beber 1L de água por dia;
* Comer de 3 em 3 horas, em porções pequenas;
* Comer mais legumes e verduras;
* Deixar as frituras de lado;
* Esquecer massas e doces.
Você pode pensar: – Mas só um litro de água por dia?
E eu respondo: – Sim! Eu tomo menos de um copo por dia, então chegar a 1 litro já é uma vitória e tanto.
Quanto às frituras, massas e doces, passar 10 dias sem elas também será um desafio. rsrs
Então bora lá rumo a uma vida saudável! 🙂

Adendo: Abrirei uma aba no cabeçalho com as metas onde todos poderão acompanhar se estão sendo ou não compridas.  Não deixe de acessar! Bjs

Tags:

setembro 10, 2014

Assunto: Dieta!

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Hoje, vamos inaugurar espaço aqui no blog sobre dietas.
Sim, dietas, porque nós mulherzinhas vivemos em dietas…algumas precisam de verdade para manter a saúde em dia (como eu) e outras vivem na dieta para perder 200g kkkk

Mas vamos aos objetivos dessa gama de posts:
* Fazer a minha dieta e compartilhar os resultados;
* Compartilhar as metas e também as dificuldades para alcançá-las;
* Dicas de alimentação;
* Dicas de exercícios;
* Dicas de música, roupa, tênis, lugares e muito mais.
* Principalmente, um espaço para todas nós compartilharmos nossos perrengues com as dietas rsrs

No meu caso, a dieta é pela saúde mesmo.
Tive um problema de saúde uns anos atrás e engordei muito, agora preciso correr para alcançar o um peso saudável.  Lembrando que peso saudável, não é aquele que a mídia impõem.
Sempre defendi nós mulheres plus size, sempre fui uma desde que nasci e não pretendo deixar de ser, porém, a médica mandou perder 20kg!
Isso mesmo 20kg! rsrsrs
Mas bora lá, para uma dieta saudável, exercícios e muito bom humor!

Tags: , , , ,

setembro 6, 2014

Dica: Biomulti polivitamínico – parte 1

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!
Lembram que ontem eu falei que a Bionatus enviou uma caixinha para meu endereço?

Pois é…adivinhem o que é?
Uma caixa de Biomulti polivitamínico!

Então…tomarei a partir de hoje, e no decorrer desse período farei uma postagem contando os efeitos (ou não) rs
A empresa diz o seguinte do produto:
Descrição:
Biomulti Suplemento Vitamínico e Mineral de Vitaminas A, B1, B2, B6, B12, C, D3, E, Ácido Fólico, Ácido Pantotênico, Cobre e Zinco
Categoria De Registro: Suplemento Vitamínico e Mineral.
Apresentação:Cartucho Com 30 Comprimidos Revestidos.
Composição:O Biomulti é composto por Comprimidos Revestidos contendo diversas Vitaminas e Minerais.
Recomendação de Consumo:
1 Comprimido ao dia ou a Critério Médico/Nutricionista.
Informações Adicionais:A Alimentação é Fonte de Cerca de 40 Nutrientes Para Os Seres Humanos. Classicamente, esses nutrientes são divididos como componentes alimentares produtores de Energia (Carboidratos, Gorduras e Proteínas), Fontes de Aminoácidos Essenciais e Não-Essenciais (Proteínas), Ácidos Graxos Insaturados Essenciais (Gorduras), Sais Minerais (Incluindo os Oligoelementos) e Vitaminas (Compostos Orgânicos Hidrossolúveis e Lipossolúveis). As Vitaminas, a Despeito da sua composição química diversa, podem ser definidas como substâncias orgânicas que devem ser fornecidas em pequenas quantidades a partir do ambiente, porque não podem ser sintetizadas de Novo em seres humanos ou sua taxa de síntese é inadequada. A Ingestão de 1 Comprimido Biomulti fornece 100 % das necessidades diárias de Vitaminas A, B1, B2, B6, B12, C, D3, E, Ácido Fólico, Ácido Pantotênico, Cobre e Zinco.

Fiquem ligados, que darei feedback de tudo para vocês.

Tags: , , , ,

julho 28, 2014

Água + água + água = saúde

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

É muito comum observar pessoas que saem pela manhã para trabalhar e ao voltarem para casa à noite se dão conta que não ingeriram ao menos 1 copo de água durante todo dia. Existem aqueles que não sentem tanta sede e por isso, acreditam que não há problema algum ingerir uma quantidade mínima durante o dia. O que essas pessoas não sabem é que a deficiência constante desse líquido precioso no nosso corpo pode causar sérios problemas no futuro e por nossa saúde em risco.
Muitas pessoas não associam a água a uma boa alimentação, mas ela é, depois do oxigênio, a substância mais importante para a manutenção da vida. Nos próximos meses, quando a média de temperatura deverá ultrapassar os 30ºC, as necessidades serão ainda maiores e todos nós deveremos ficar atentos para repor as perdas que ocorrem nesse período.
A água é a substância mais abundante do corpo humano. Ela é um componente essencial de todos os tecidos do organismo. Apesar de não conter nenhuma caloria ou outros nutrientes, sem a água o corpo humano só continuaria funcionando por poucos dias. A perda de 20% de água corpórea pode causar a morte e uma perda de apenas 10% causa distúrbios graves.
Em temperaturas moderadas, os adultos podem viver por aproximadamente 10 dias sem água; as crianças podem viver por cerca de 5 dias. Já sem alimento uma pessoa saudável pode sobreviver durante várias semanas.
A água desempenha um papel essencial em quase todas as funções do corpo humano. É utilizada para a digestão, para a absorção e para o transporte de nutrientes; serve de meio para uma série de processos químicos; assume o papel de solvente para os resíduos do corpo e também os dilui para reduzir sua toxicidade, ajudando no processo de excreção do corpo. Ajuda ainda a manter a temperatura do corpo estável. Além disso, a água proporciona uma camada protetora para as células do corpo e, sob a forma de líquido amniótico, protege o feto em desenvolvimento.
A água é necessária à formação de todos os tecidos do corpo, fornecendo a base para o sangue e todas as secreções líquidas (lágrimas, saliva, sucos gástricos, etc), que lubrificam os diversos órgãos e juntas. Também mantém a pele macia e elástica.
Com o envelhecimento, o corpo começa a ressecar cada vez mais. Por exemplo, o corpo de um bebê recém nascido consiste em 75 a 80% de água, contra apenas 50% no caso de um corpo adulto com 60 a 70 anos. Este processo de ressecamento se reflete em pele enrugada, fluxo reduzido de sangue e juntas mais endurecidas.
O corpo humano perde água de várias formas. Através dos rins em forma de urina, como parte das fezes, através do processo de respiração e através da transpiração (suor). Podemos verificar que a ingestão de água está insuficiente simplesmente observando nossa urina. Quando isso ocorre, os rins tentam compensar conservando a água e, portanto excretam uma urina mais concentrada, com coloração amarelo mais acentuado. Um baixo consumo crônico de água aumenta o risco de cálculos (pedras) renais ou cálculos na bexiga
A quantidade de água perdida a cada 24h deve ser reposta para manter a saúde e a eficiência do organismo. Em geral, adultos devem consumir 35mL/Kg de peso, crianças 50 a 60mL/Kg de peso e lactentes 150mL/Kg peso. Isto quer dizer que se uma pessoa pesa 70Kg ela deverá ingerir diariamente cerca de 2,5L de água. Sucos, refrigerantes, chá, café e os alimentos contém água. Mas a pessoa deve dar preferência à água pura.
É necessário consumir mais água quando está calor, durante exercícios físicos, no caso de febres, resfriados e outras doenças. É necessário ingerir maior quantidade de água também durante a gravidez, tendo em vista a formação do líquido amniótico e o aumento no volume de sangue, e também para atender as necessidades do feto em desenvolvimento. Da mesma forma, mães com filhos que mamam no peito precisam aumentar a ingestão de líquidos para produzir leite, que contém 87% de água.
É bom lembrar também que alguns componentes da dieta aumentam a necessidade de água, como é o caso dos alimentos muito salgados. O uso de diuréticos ou outros medicamentos que aumentam o fluxo urinário requer uma ingestão adicional de líquidos.
A água mais segura para se beber é aquela tratada pelos sistemas de abastecimento e depois filtrada em casa ou fervida. Contudo, isto não quer dizer que não ocorram problemas. As águas dos rios estão se tornando cada dia mais poluídas por resíduos domésticos e industriais, restos de fertilizantes, pesticidas e lixos químicos e nucleares e tudo isso pode causar sérios problemas para nossa saúde. Estudos mostram que muitos casos de diarréia e infecção intestinal atribuídos a intoxicações alimentares ou outras causas devem-se, na verdade, à água contaminada.
Outro problema sério de saúde pública é o constante uso por parte da população de água de bicas contaminadas. Em pessoas saudáveis, os problemas ocasionados pela ingestão deste tipo de água muitas vezes é superado em pouco tempo, mas em pessoas com baixa resistência imunológica (crianças, idosos e doentes) isso pode ser fatal.
Tipos de água engarrafada encontrados no mercado
· Água potável: é vendida no mercado em garrafões, sendo retirada de qualquer fonte aprovada (rios, reservatórios, água encanada). Em seguida é filtrada e desinfetada e o conteúdo mineral pode ser ajustado.
· Água mineral: contém no mínimo 500mg de minerais por litro
· Água com gás: contém dióxido de carbono para ficar borbulhante. Existem águas gaseificadas naturais que já vêm nesse estado da própria fonte
· Água termal: é retirada de fontes naturais.
Concluindo, a água é o mais abundante e o mais barato de todos os líquidos existentes para matar nossa sede. Ela é importante para todos os processos vitais do nosso corpo e deve ser ingerida diariamente.

Tags: ,

Páginas123456