Responsive image
Me enrola da Muriel
By Erica  /  julho 20, 2017
Vestido plus size
By Erica  /  julho 19, 2017
Nude cada um tem o seu, Dailus
By Erica  /  julho 7, 2017

julho 19, 2017

Vestido plus size

Postado por Erica

Boa noite, Mulherzinhas!

Que tal um pouco de moda? E que tal um vestido plus size que pode ser usado tanto no frio quanto no calor?

Vamos começar pela cor da roupa, eu amo roupas escuras pelo simples fato de “aparece menos a sujeira” e para pessoas desastradas isso é perfeito.

Mas todos falam que a cor escura emagrece, será que é verdade?

Roupa escura emagrece?

Pode até parecer, mas na verdade, a roupa escura não emagrece. Ela apenas dá a sensação de que a pessoa é menor, por que não interage tanto com o ambiente, como as cores claras, por exemplo. Na verdade, ela cria uma ilusão de ótica, assim como uma calça com listras verticais que faz parecer que as pernas são mais longas, enquanto que as com listras horizontais causam efeito diverso.

A escolha do look

Adoro vestidos, acho uma peça prática, que posso usar tanto no inverno como no verão apenas trocando os acessórios.  Mas acho que alguns cuidados na hora da escolha do modelo podem ser importantes, principalmente para mulheres plus size.

  1. Cuidado com o comprimento, se o vestido for curto demais e vc tiver um bumbum grande a parte de trás ficará mais curta que na frente e isso pode ser desconfortável.
  2. Cuidado com tecidos muito “molinhos”, nós gordas temos dobrinhas (algumas magras também) e conforme andamos a roupa tende a entrar nessas dobrinhas e se bater um vento essa situação piora, então prefira peças com tecidos mais encorpados.
  3. Eu, Erica, não gosto de roupa marcando, então sempre uso um body ou cinta por baixo de tecidos que marcam demais.  Mas isso é algo totalmente pessoal.
  4. Mulheres de pernas grossas (sendo gorda ou magra) chamam mais a atenção quando colocam uma saia, vestido ou shorts mais curto, saiba que o salto da a impressão de que a roupa é mais curta ainda.  Então o que é bonito em um ambiente pode ficar exagerado e até vulgar em outro.

Regras

Existem regras para a gorda usar vestidos?  Claro que não!  O que existe é bom senso e gosto particular.  Como eu disse ali em cima, não gosto de roupa marcando, mas muitas mulheres divam em roupas que marcam.  Isso é gosto, e gosto é totalmente pessoal.

Dicas para perder o medo de vestidos

  1. Se vc acha que fica baixinha demais, use um sapato em tons nude, isso acaba alongando as pernas.
  2. Se vc tem vergonha dos seus braços, use o vestido com um blazer, um echarpe, um casaqueto…
  3. Se vc não se sente bem com aquele vestido mais justo pq marca demais, tenha sempre a mão uma cinta, isso não é vergonha para ninguém.
  4. Se vc não se sente bem mostrando as pernas, use um modelo longo.
  5. Acha que o estampado é muito “tcham” mas o liso é muito apagado?  Use e abuse dos acessórios nos modelos liso.

Importante

Se desprenda um pouco do famoso “o que as pessoas vão pensar” ou “mas gorda não pode usar isso”.  Liberte a cabeça dos pré conceitos que você já tem que vem de uma bagagem de vida cheia de preconceitos maquiados de preocupação.

O vestido é uma peça mega feminina e libertadora (sério) e por isso muitas pessoas se sentem expostas demais usando vestido, então, minha maior dica é: vá devagar, vá no seu tempo.

Dicas extras

Faça combinações que tenham seu estilo, exemplos:

  1. Vestido curto com shorts por baixo.
  2. Vestido midi com calça por baixo.
  3. Vestido com tênis.
  4. Vestido com chinelo ou rasteirinha.
  5. Sobreposição do vestido com uma blusinha de manga.
  6. Use a imaginação a favor do seu estilo.

Eu odiava vestido, me achava horrível quando colocava um…aos poucos fui usando, combinando com peças que tinham a minha cara e hoje sou uma viciada em vestidos de todos os modelos e cores.

Tags: , , ,

julho 3, 2017

Look total black plus size

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Hoje quero mostrar a paixão por um look total black plus size.

O look preto na minha vida

Eu gosto de roupa preta, sempre usei muito pq eu tocava violino em uma orquestra e o uniforme para qualquer concerto é preto.  Teve uma época que meu closet era praticamente preto rsrs

Depois que parei de tocar, comecei a variar um pouco as cores dos looks, mas o preto continua sendo o meu queridinho.

O look total black plus size

Muita gente fala que o preto emagrece, afina a silhueta, alonga….mas eu gosto do preto por três motivos:

  1. É fácil combinar
  2. Cai bem em qualquer situação
  3. É elegante

Nesse look estou usando uma calça flare e uma blusinha com babados que dá um ar um pouco mais romântico 🙂

Calça flare

Aposte na peça que alonga a silhueta, cai bem em quase todos formatos de corpo e pode ser usada em diversas ocasiões. A calça flare surgiu nos anos 70. Com seu modelo inovador, justa no quadril e nas coxas, e abrir a partir do joelho, logo fez sucesso nas ruas.

Com essa peça é fácil criar um look mais despojado, street e até mesmo social ou clássico…tudo depende das combinações de peças e acessórios.

Ponto de luz

É quando vc usa uma cor para quebrar o fundo, ou seja, no meu look todas as peças são pretas e dependendo da ocasião isso pode ficar muito escuro ou extremamente sóbrio e até mesmo sem graça, então podemos usar uma bolsa, ou um sapato, ou um lenço de outra cor para destacar e quebrar a “monotonia”.

No meu look esse ponto de luz foi uma bolsa preto e branco com detalhes em vermelho.  Alias é uma bolsa que eu super amo de paixão 🙂

Mas me conta, vcs costumam usar looks monocromáticos?  E ponto de luz, o que preferem usar, uma roupa ou acessórios?

Tags: , , , , ,

março 29, 2017

Fashion Weekend Plus Size

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Hoje o post é mais do que especial, afinal falarei um pouco sobre o que rolou no último Fashion Weekend Plus Size, vem comigo que tem muita coisa legal 🙂

Fashion Weekend Plus Size

Sobre o Fashion Weekend Plus Size (FWPS)

O evento que começou em 2010 reunindo 400 pessoas, foi idealizado por Renata Poskus. A ideia veio no ano anterior, após ela fazer um ensaio fotográfico com outras modelos gordinhas, viu ai a oportunidade. “Invisto no setor por acreditar, o FWPS é realização de um grande sonho. O mercado está crescendo muito no nosso país, mais da metade da população está acima do peso e tem dificuldade para achar uma roupa adequada por isto incluímos em nosso evento, palestras com profissionais com expertise na moda Plus Size”, conta a Renata.

NAYANE RODRIGUES  – A empresa que completa 16 anos participa pela primeira vez do Fashion Weekend Plus Size. Surgiu em Iguatu, interior do Ceará. O negócio familiar produzia 20 mil peças por mês, para atender a demanda do mercado de São Paulo. Atualmente, a fábrica fica em Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza, conta com mais de 400 colaboradores e produz mais de R$5 milhões e meio de peças anualmente. Para a passarela do FWPS, Nayane levará um desfile de peças conforto plus size, aliando criatividade e qualidade.

Maria Abacaxita – A marca Fun Size faz sua segunda participação no Fashion Weekend Plus Size. A criadora, Renata Poskus, dirige o FWPS desde a sua primeira edição e criou a Maria Abacaxita há menos de 1 ano. Poskus é blogueira, autora do Blog Mulherão e ex-bailarina clássica, tendo sido reprovada em sua formatura no ballet por estar acima do peso. Na época pesava 60 Kg. Hoje, pesa 97. A coleção da Maria Abacaxita surge com o tema Ballet, para que todas as garotas gordas, assim como Renata, sintam-se bailarinas por um dia, seja em looks casuais para o dia a dia, ou na balada. Três lindas estampas de camiseta foram assinadas pelo artista recifense Edull, conhecido por usar gordinhas como suas musas inspiradoras.

XZ – Com mais de 30 anos de mercado, com 3 anos de investimentos no setor plus size, a goiana XZ promete trazer em seu desfile peças jovens, com modelagem arrojada, estampas exclusivas em tecido plano, viscose e malhas de algodão. A peça-chave da coleção será o body preto com a frase estampada “I Love Curvy” que pode compor diversos looks especiais. A XZ tem 4 lojas em Goiânia, e com sua participação no FWPS pretende expandir suas vendas em São Paulo e região.

Vislumbre – Esta é a sétima participação da Vislumbre no Fashion Weekend Plus Size, que leva para a passarela a coleção Femme Fatale, com lingeries elaboradas, especialmente desenvolvida para o Dia dos Namorados e inverno 2017. A marca foi criada pelas irmãs Cassiana e Rejane Dallagnol, de Guaporé, Rio Grande do Sul, em 1999 e desde 2008 se dedica ao público plus size, que hoje representa mais de 80% das vendas da empresa.

MIRASUL: A Mirasul completa 40 anos de atividade. Com tecelagem e estamparia própria, a marca tem grande diferencial competitivo ao produzir vestuário feminino até o manequim 54. O inverno 2017 da Mirasul é inspirado na arquitetura moderna e na beleza de outras épocas. Presente em mais de 2 mil lojas multimarcas de todo o Brasil, a Mirasul terá muitas surpresas para essa edição do Fashion Weekend Plus Size: “Estamos muito felizes em participar novamente do FWPS, pois se trata de uma oportunidade ímpar de divulgar nossa proposta e de estreitar laços com nossas consumidoras. Em 2017, o objetivo da Mirasul será democratizar e facilitar o acesso à moda plus size com qualidade e preço justo”, declara Francesco Rech, Diretor Comercial da Mirasul.

GRACIA ALONSO – Com lojas em Mirassol, no interior Paulista, Barueri, na Grande São Paulo, Curitiba e no bairro paulistano do Bom Retiro, Gracia Alonso estreia no Fashion Weekend Plus Size com uma coleção inspirada na mulher madura e contemporânea. Na passarela, destaque para malhas, crepes e rendas, do vibrante amarelo ao clássico preto. As peças-chave da coleção são as calças flare, casaquetos assimétricos, bombers e blusas de renda. Em meados dos anos 2000,  Gracia Alonso, por falta de opções na moda grande que satisfizessem seu gosto sofisticado, resolveu estudar e desenvolver suas próprias modelagens. Estilista por inspiração, criou um produto diferenciado pelo ajuste e caimento ideais para as mulheres Plus, sendo ela mesma a modelo de prova de sua marca.

KALANCHOE TRICOTARIA – A marca de Monte Sião, Minas Gerais, foi criada há mais de 25 anos. Sua primeira participação no Fashion Weekend Plus Size marca uma nova fase da empresa, com a modernização de seus produtos, cada vez mais alinhados com as tendências internacionais de moda. Na passarela, casacos, ponchos, blusas de gola alta e vestidos, delicadas e sofisticadas.

Hahstag Bazar e marcas associadas: Cazaco, Naiah, Belle Rose Plus Size, Carlota Rio, Ateliê Cretismo, Beauty in Curves, Rainha Nagô e Entrecores Acessórios.  É a maior feira de moda plus size do Rio de Janeiro, com venda direta para os consumidores finais e tendo como expositores, principalmente, pequenas confecções que também atuam na venda no varejo. Em sua primeira participação no Fashion Weekend Plus Size, o Hashtag Bazar traz um desfile colaborativo com suas marcas associadas destaques, valorizando os pequenos produtores e a moda plus size criativa.

CAZACO – A marca masculina de Blumenau/SC é especializada em t-shirts masculinas, com lavagens, golas, mangas e cortes diferenciados. O proprietário da marca, Daniel Amorim, formado em economia, mergulhou de cabeça em cursos de modelagem, corte e costura e em pesquisas de mercado junto ao carente público masculino para criar sua grife. “a Cazaco não tem nada de modelos com cara de saco de batata. Investimos em modelagens no formato pirâmide, que valoriza a silhueta masculina plus size”

NAIAH –  A carioca NAIAH começou a ser concebida em janeiro de 2016, quando o seu fundador, Felipe, um apaixonado por empreendedorismo e negócios de impacto, influenciado pela mãe, mulher plus size, decidiu juntar o seu sonho de empreender com uma solução para um problema que ele via que a sua mãe tinha durante toda a sua vida: a dificuldade de comprar roupas. Hoje, a marca conta com uma loja na MALHA, um galpão colaborativo de produção, fabricação e lojas pop up, que fica em São Gonçalo, Rio de Janeiro.

BELLE ROSE PLUS SIZELocalizada no Feirão Moda Rio, em Duque de Caxias, aposta em peças de tecido plano e malha da melhor qualidade. “A Belle Rose acredita que a mulher plus size pode se vestir bem, em qualquer ocasião, por um preço acessível. Investimos em peças coloridas, com uma pegada carioca. A Plus Size não precisa usar cores sóbrias. Ela precisa se revelar e não se esconder”, declara Segundo Jefferson dos Santos, estilista da marca.

ATELIÊ CRETISMO – A marca surgiu em 2004 nos redutos da Lapa, Rio de Janeiro, criado pela artista baiana, consultora de imagem e estilo Marah Silva, que assina todas as criações com sua equipe. O estilo alternativo das roupas respeita o conforto e liberdade da mulher, sempre com uma pitada de arte. “Trabalhamos com o resgate de nossas ancestralidades, pois sabemos que somos resultado de várias culturas e etnias. Vem daí o nosso compromisso em vestir a mulher brasileira, valorizando a sua “essência”.

CARLOTA RIOCom mais de 30 anos de mercado, a Carlota-rio traz em sua essência a alegria e frescor do Rio de Janeiro. Tem duas lojas físicas, uma em Niterói e outra no coração do Rio de Janeiro, em Copacabana. Carlota-rio integrou o line up do primeiro Fashion Weekend Plus Size em 2010 e, agora, retorna mostrando que continua com o mesmo charme que a consagrou.

Beauty in Curves A estilista carioca Juliana Jacques, 32 anos, sempre sonhou em ter sua própria grife. Para pagar o curso de moda, trabalhou por anos em uma multinacional até que, em 2016, pode transformar o grande sonho em ter a própria grife plus size em realidade. Juliana é a cara de sua marca: plus size, delicada e linda!

Rainha NagôEsta é a sua segunda participação no Fashion Weekend Plus Size. A marca, que surgiu no interior paulista pelo casal Diego Soares e Camila Oliveira, que também são plus size, traz uma pitada de sua nova coleção para homens e mulheres que usam manequim GG. Com estilo intitulado afro pop, com inspiração urbana e alternativa, a Rainha Nagô atende tanto o público de varejo com sua loja itinerante, como também lojistas revendedores, que tem a opção de comprar estampas exclusivas.

EntrecoresA carioca entrecores  faz acessórios capazes de transformar qualquer look básico em uma peça única. Colares compridos, brincos alongados, tiaras modernas e divertidas, compõem parte do mix de produtos que podem ser usados por todas as mulheres, inclusive as plus size. As peças da Entrecores serão usadas complementando os looks dos desfiles das marcas integrantes do desfile colaborativo do Hashtag Bazar.

Lu Carmell – Composê de listras, conjunto em neoprene com estampas exclusivas e vestidos suede com animal print estilizado e vestido cachequer, são os destaques da coleção Inverno 2017 da Lu Carmell. A marca trabalha tanto com varejo, quanto com atacado e está participando pela segunda vez do FWPS.

Umen – A empresa iniciou suas atividades em 1993, com a proposta de atender às necessidades do público classe média que buscam tendência, sofisticação e exclusividade em um produto com preço justo. As peças da marca contam com design exclusivo, moderno, diferenciado e preço competitivo para todo o Brasil. A marca apresentará no evento, peças chaves.

Pernambucanas  – A rede que conta com mais de 300 lojas em todo o país, participa do evento pela 4 vez. A marca vai apresentar sua coleção de inverno, que será destaque nas lojas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Carmell

Tags: , , , ,

Páginas123456