Responsive image

novembro 6, 2014

Piano Guys

Postado por Erica

Boa tarde, Mulherzinhas!!
Inaugurando o nosso cantinho da música, teremos hoje o grupo Piano Guys.

É um grupo musical americano composto por Jon Schmidt e Steven Sharp Nelson. Eles ficaram famosos através do YouTube, onde vêm postando vídeos de arranjos e misturas de músicas populares e clássicas, acompanhados de clipes de visual profissional. Seu primeiro álbum foi lançado em dezembro de 2011.

O grupo teve início quando o pianista Jon Schmidt entrou na loja de Paul Anderson, em St. George, Utah, para perguntar se ele poderia praticar lá para um concerto.  A partir daí, eles começaram a produzir alguns vídeos simples juntos. Em seguida, Jon trouxe para o grupo o violoncelista Steven Sharp Nelson, com quem ele já havia tocado antes, e eles começaram a produzir um vídeo por semana para o YouTube. Alguns dos seus vídeos alcançaram a marca de mais de um milhão de visualizações.
O time também é composto por Tel Stewart e Al Van Der Beek, que trabalham na produção das músicas e vídeos.
Jon toca o piano e Steven toca o violoncelo – ambos utilizando os tipos elétrico e clássico.
Em muitas músicas, eles gravam várias trilhas de áudio que são misturadas. Ocasionalmente, eles também sobrepõem os vídeos das diversas trilhas para dar a impressão que muitos músicos idênticos estão tocando ao mesmo tempo.
Alguns dos vídeos de maior sucesso do grupo no Youtube foram os seguintes.

**Informações tiradas do site Wikipédia no dia 06.11.14.**

Tags: , ,

outubro 29, 2014

Livro: Alô, Chics!

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!
Acabei de ler o livro da Gloria Kalil “Alô, Chics!

Sinceramente?  Achei bem básico.
As maioria das regras de etiqueta que estão no livro, todos deveriam saber de cor.  Mas temos consciência de que a história não é bem essa rsrs  a própria autora fala isso diversas vezes em alguns relatos.
Tem dicas de etiquetas das mais diversas:
* Condomínio e clube;
* Cinema, teatro…;
* Restaurante;
* Escritório;
* Transito;
* Festas e ocasiões especiais…. e muito mais.
É um bom presente para aquela pessoa muito sem noção rsrs
E é legal ter para eventuais dúvidas.
Na minha opinião, não é um livro de extrema necessidade, se você não tem dinheiro sobrando não compre! rs

Assista o vídeo e saiba mais sobre o livro Alô, chics!

Tags: , , , ,

setembro 4, 2014

Livro: Deixados para trás

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Muita gente já ouviu falar da coleção de livros Deixados Para Trás.
Hoje falarei do volume I:

Este thriller psicológico, baseado no Apocalipse bíblico, tornou-se uma febre nos Estados Unidos. Neste volume, milhares de pessoas desaparecem misteriosamente. A resposta surge no decorrer da narrativa, quando descobrem que o juízo final está chegando e só os puros de coração subiriam aos céus. Para o resto da humanidade, restaram pragas diversas, terremotos e um convívio com o anticristo.
A história se desenvolve com muitos acontecimentos ao mesmo tempo, mas a leitura é eletrizante!

Já foi lançado um filme baseado nesse livro, o qual, apesar de antigo é muito legal.
Um dos romances de maior sucesso do New York Times, que faz uma viagem através de um dos mais misteriosos livros da Bíblia: “O Livro do Apocalipse”. Durante um vôo internacional rumo a Londres, o jornalista de televisão Buck Williams (Kirk Cameron) e o piloto Rayford Steele (Brad Johnson) se vêem no meio do mais incrível acontecimento da história. Repentinamente, sem qualquer tipo de alerta, dúzias de passageiros simplesmente desaparecem no ar. Mas isso não é tudo. Logo fica claro que milhões de pessoas desapareceram ao redor do mundo, inclusive a esposa e filho do piloto Rayford, e, à medida que o caos e a anarquia tomam conta do planeta, esses dois homens partem em rumos bem diferentes, atrás de respostas que podem nem existir.

 

Esse mesmo filme será regravado e a novidade é que a nova versão contará com a participação de Nicolas Cage, ator conhecido por protagonizar filmes de ação.

De acordo com uma publicação do The Hollywood Reporter, além da base bíblica, a história terá catástrofes clássicas contadas com suspense.
As produções bíblicas têm despertado cada vez mais interesse no cinema. ‘Courageous’, recente sucesso, rendeu US$ 28 milhões nas bilheterias norte-americanas.

Tags: , , , , , ,

agosto 20, 2014

Livro: Como me tornei estúpido

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!
Como me tornei estúpido…li esse livro já faz um tempo, mas ele continua mega atual.
Para quem não gosta de filosofia, não será um bom livro.  Mas se você gosta de questionar a sociedade atual, deleite-se….

A ignorância é um dom para Antoine, personagem principal da sátira de Martin Page, “Como me Tornei Estúpido”.
Para o jovem estudante de aramaico, filho de pai birmanês e mãe bretã, a inteligência e a consciência crítica se transformam em empecilhos para alcançar a felicidade na sociedade atual.
Por isso, o anti-herói criado pelo autor francês decide investir na idiotice como forma de sobrevivência: do alcoolismo ao antidepressivo, ele tenta todos os meios possíveis para se tornar uma nulidade.
O livro é um caso extremo e bem-humorado de rebeldia contra uma sociedade que exige a estupidez como passaporte e oferece a massificação como recompensa. Decidido a parar de sofrer por causa de uma consciência que o impede de aceitar as injustiças do mundo, Antoine tenta sem sucesso virar alcoólatra, suicidar-se e até fazer uma cirurgia para retirar uma parte do cérebro. As tentativas frustradas do jovem protagonista são descritas com fina ironia e imagens nonsenses que beiram o surrealismo.
Mas a redenção de Antoine vem com o emprego numa corretora de ações de um ex-colega de escola, que junto com o Felizac, antidepressivo receitado pelo seu médico boa-praça, são o antídoto perfeito contra a inteligência e a consciência crítica do rapaz. O protagonista passa então a freqüentar o mundo dos bem-sucedidos executivos financeiros de Paris, fica milionário de uma hora para outra, e tenta de todas as maneiras se adaptar à sua nova condição – entre outras coisas isso significa comprar, comprar, comprar, enquanto a sua consciência dorme.
Mas as peripécias de Antoine não duram muito. Entre um intervalo e outro de Felizac, o herói de Page fica vulnerável ao seu próprio veneno, ou seja, seu cérebro ainda dá sinais de estar vivo e sua dificuldade de sentir-se um membro efetivo da sociedade vem à tona. Até que o “resgate” de fato acontece, de uma forma nada convencional, para concluir, depois de uma série de experiências que beiram o surreal, a história engendrada pela imaginação fértil do autor

Tags: , , , ,

Páginas12345