Responsive image

maio 29, 2018

Qual o valor da sua pele

Postado por Erica

Bom dia, vamos começar o post com uma pergunta: Qual o valor da sua pele?

Qual o valor da sua pele

Hoje temos no mercado vários tipos de produtos e dos mais diversos preços, o que deixa algumas pessoas na dúvida sobre o que comprar.

Falaremos sobre alguns pontos importantes na hora de escolher um produto mas principalmente sobre conhecer o seu tipo de pele.

Qual seu tipo de pele

Antes de mais nada é importante termos em mente qual o tipo de nossa pele:

  • Oleosa: “Oleosa” descreve um tipo de pele com alta produção de sebo.  A pele oleosa está propensa a cravos (negros e brancos) e diversas formas de acne.
  • Seca: O termo “seco” é utilizado para descrever uma pele incapaz de reter água no volume necessário. Isso geralmente está associado à produção reduzida de lipídios na pele. Por causa da falta de sebo, a pele seca carece de lipídios necessários para reter umidade e construir um escudo protetor contra influências externas. Isto leva a um comprometimento da função de barreira.
  • Mista: Na pele mista os tipos de pele variam na zona T e nas bochechas. A chamada zona T pode diferir consideravelmente – de uma zona muito delgada a uma área estendida.  As partes mais oleosas da pele mista são causadas pela produção excessiva de sebo. As partes mais secas de pele mista são causadas pela falta de sebo e ao correspondente deficit de lipídios.
  • Normal: “Normal” é um termo largamente utilizado para se  referir à pele balanceada. O termo científico para pele saudável é eudérmica. A  zona T (testa, queixo e nariz) pode ser um pouco oleosa, mas o sebo total e umidade são equilibradas e a pele nem é muito oleosa nem muito seca.

Qual o momento da sua pele

Esse também é um item muito importante para se avaliar, as vezes a pele muda de estado, por exemplo:

  • a pele mista pode ficar mais seca no inverno,
  • ou a pele normal pode apresentar uma oleosidade maior no verão,
  • ou a sensibilidade aumenta devido a problemas emocionais,
  • ou descamações aparecem por causa de algum medicamento,
  • ou ela muda radicalmente devido a diversos fatores internos ou externos.

Como a pele está exposta tanto as intempéries ambientais como aos problemas ligado a saúde, precisamos nos atentar a essas mudanças que podem ou não ser sutis 🙂

Como conseguir essas informações

O jeito mais confiável, rápido e acertado é procurar um profissional de confiança para avaliar seu tipo de pele.  É normal temos, por exemplo, um tipo de pele no rosto e outro no corpo.

Também é mais fácil o profissional dizer se tens alguma sensibilidade e a quais produtos/ ingredientes.

Mas se você tiver um pouco de conhecimento sobre pele e for observador pode identificar as mudanças pelas quais a sua pele passa tanto no decorrer do ano quanto da vida.

Quando começar a cuidar da pele

Esse item é facil: desde SEMPRE!

O grande problema é que percebemos isso já tarde demais e eu me encaixo nesse percentual de pessoas rsrs

Quando crianças, em geral, nossos pais não se preocupam em usar protetor solar diariamente, quando adolescentes não temos paciência de cuidar das acnes e quando adultos achamos os produtos muito caros e sempre deixamos para depois.

Quando finalmente decidimos que é hora de cuidar da pele percebemos que tudo o que deixamos de fazer ou fizemos errado ficou ali guardado 🙂

Sim, a pele tem uma memória

Se você não sabe, agora fica sabendo 🙂 A pele, assim como nossos órgãos, tem uma memória e guarda todos os cuidados que tivemos ou não.

Por isso, as vezes é tão difícil acabar com aquela manchinha ou melhorar o aspecto visual da nossa pele.

Sobre produtos

Como foi dito lá no começo do post, existem inúmeros produtos no mercado e com todos os tipos de preços.

Eu costumo dizer que existem algum itens que podemos comprar aquele baratinho de R$ 1,00 na lojinha da esquina, é o caso das sombras ou blush (a menos que vc tenha alergia).

Agora, produtos que tem contato direto com a pele como hidratantes, base, primer e protetor solar não adianta ir no mercado e escolher o mais barato.

Vc precisa escolher um produto que se adeque ao seu tipo de pele e também ao momento em que ela está.

Não estou falando que produtos baratos não são bons, estou falando que se ele não for adequando a sua pele o estrago causado pode sair muito mais caro.

Em resumo

Esse é um assunto que gosto demais de falar e se pudesse eu faria um daqueles posts de 10.000 palavras tranquilamente rsrs mas tentarei ficar na casa das 1.000 palavras rs

Para finalizarmos deixarei um resuminho do que precisamos ficar de olho:

  • Conheça sua pele.
  • Conheça o momento da sua pele.
  • Fique atento as mudanças sazonais que podem acontecer ou mesmo aquelas alterações hormonais 🙂
  • Lembre-se: a pele tem memória, então tudo que vc fizer ou deixar de fazer ficará guardado para sempre.
  • Compre produtos que se adequem ao seu tipo de pele, nada de escolher somente pelo preço.
  • Dê uma atenção especial as bases, hidratantes e primer…as vezes compensa pagar um pouco a mais e ter um bom resultado do que economizar hoje e ter uma sensibilidade amanhã 🙂

E o mais importante, saiba o que você está comprando, não olhe somente o preço, pesquise, leia sobre o assunto, pergunte e tire todas as dúvidas.

Tags: , , , ,

3 Comentários

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *