Responsive image

novembro 22, 2017

História do banheiro e suas curiosidades

Postado por Erica

Bom dia!  Vcs sabem qual a história do banheiro e suas curiosidades?  Se não, continuem por aqui que contarei tudinho 🙂

Na antiguidade

A história dos banheiros começa na Antiguidade.  As margens dos rios Tigre e Eufrates, na antiga Mesopotâmia, foram encontradas tubulações de cerâmica de mais de 4 mil anos, que serviram para as obras de banhos públicos e dalas de banho requintadas com tinas também de cerâmica que eram aquecidas por grandes fogões.

Por volta de 1500 a.C., os egípcios se banhavam com água e óleos perfumados preparados pelos sacerdotes.  Acreditava-se que as emulsões sagradas protegiam a pele do calor.  As jovens do vale do rio Nilo esperavam seu banho ajoelhadas numa esteira de junco, enquanto as escravas jogavam sobre seus corpos água perfumada com mirra, cabela e flores para que o delicioso aroma completasse os efeitos revigorantes do banho.

Grécia antiga

Na Grécia antiga, as casas dos mais ricos sempre havia recipientes com água para lavar-se e, nas encruzilhadas dos caminhos, encontrava-se uma pia de mármore cheia de água colocada para que todos pudessem se refrescar.  Os banquetes gregos incluíam uma sessão de banho para os convidados.  Antes de entrarem no local da refeição, os comensais eram lavados e untados com óleos de rosas e amêndoas.

Os romanos

Os romanos passavam muito tempo nas termas coletivas banhando-se sob os cuidados da deusa Hígia, de cujo nome vem a palavra higiene.  Nas cidades do vasto império romano, os banhos eram locais de verdadeiros encontros sociais e de diversão.  Depois de usufruírem os banhos quentes das calidariae, uma espécie de sauna que provoca bastante transpiração, os romanos passavam para as salas de água morna, as tepidariae, e para as salas de água fria, as frigidariae.

Idade média

Na idade média, o banho deixou de ser coletivo e passou a ser uma ato individual e caro.

Os primeiros banheiros

Os primeiros banheiros eram pequenos e estritamente funcionais, sempre imperando a cor branca nos azulejos e da louça.  Na década de 1960 os tons de azul escuro, verde e roxo tomam conta dos toaletes, dando-lhes um ar mais alegre e descontraído.

Nos anos 1970, a preocupação com o meio ambiente traz o gosto pelas plantas que enfeitam os espaços íntimos, valorizando a simplicidade com um toque de beleza.

Banheiros hoje

Hoje, a moda incrementa esses espaços, que passam a ter um design requintado e uma infinidade de detalhes e acabamentos que proporcionam perfeita harmonia ao ambiente.

O banheiro deixou de ser um ambiente isolado e aos poucos se foi integrando ao todo e tornando-se uma importante área tanto dentro da casa como em outros lugares.

Tags: , , ,

11 Comentários

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *