Responsive image

setembro 28, 2017

Vamos espalhar amor e sorrisos

Postado por Erica

Algumas meninas me pediram indicação de alguns quotes alegres e pra cima, então aqui vai um segundo post…Vamos espalhar amor e sorrisos.

E aproveitando esse post, você sabe o que a ciência já descobriu sobre o sorriso?  Vamos a algumas curiosidades:

1 – Um sorriso é definido pela curvatura ascendente das comissuras labiais. De acordo com estudo da cientista Marilisa Mesquita, da universidade de Lisboa, esse movimento é realizado com a ajuda do músculo zigomático maior. O sorriso está entre as expressões mais fáceis de serem produzidas e reconhecidas pelos seres humanos. (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

2 – Uma ataque de riso epidêmico assolou o vilarejo africano de Kahasha em 1962. De acordo com o cientista Robert Provine, o surto causou o fechamento de escolas por seis meses. Estimativas indicam que quase 1.000 pessoas foram contaminadas na epidemia, que só foi totalmente controlada em junho de 1964. (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

3 – O Dia Mundial Oficial do Sorriso, conhecido como World Smile Day, foi criado em 1999, sendo celebrado desde então todos os anos na primeira sexta-feira do mês de outubro. A sua criação deve-se a Harvey Ball, um artista de Worcester, Massachussets. Ball é o criador da imagem do smiley, que é reconhecida internacionalmente.

4 – Sabe aquela fraqueza que dá nas pernas durante um ataque de riso? Ela foi investigada com a ajuda de eletrodos por neurologistas da universidade holandesa de Leiden. Segundo eles, quando estamos diante de uma situação engraçada, o sinal enviado pelo nosso cérebro para os músculos da perna praticamente desaparece. Por isso, fica difícil se manter de pé nessas situações. (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

5 – Rir reduz o estresse. Quem afirma são os cientistas da universidade Loma Linda, nos Estados Unidos. Para um estudo, eles mediram os níveis de hormônios relacionados ao estresse antes e depois de exibirem 20 minutos de comédia para 14 voluntários. Após a exibição, os pesquisadores constataram que a presença desses hormônios nos participantes do experimento era menor do que antes deles verem os vídeos.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

6 – Dar uma boa risada reduz a sensação de dor. A descoberta é de cientistas da universidade inglesa de Oxford. Num experimento, eles mediram a sensação de dor em voluntários. Então, dividiram os participantes em dois grupos e exibiram filmes de comédia e vídeos considerados chatos (como programas de golfe). Submetidos a uma nova medição após os vídeos, os voluntários que tinham gargalhado mostraram capacidade de suportar até 10% a mais de dor do que antes.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

7 – Um estudo mostrou que quem ri, vive mais. Nele, fotos de 230 jogadores de baseball tiradas em 1952 foram analisadas por pesquisadores da universidade Wayne, dos Estados Unidos. Após as análises, os cientistas constataram que aqueles que não sorriam nas imagens viveram cerca de 72,9 anos. Já entre aqueles que exibiam um sorriso parcial, o indicador subia para 75 anos. E os mais sorridentes viveram, em média, 79,9 anos. (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

8 – Sorrir é um bom remédio para quem sofre de problemas cardíacos. De acordo com o Lee Berk, médico ligado à universidade americana Loma Linda, assistir meia hora de comédia por dia ajuda a prevenir doenças do coração. Além disso, as gargalhadas também ajudariam a reduzir a incidência do diabetes.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

9 – Um estudo da universidade britânica de Lincoln apontou que quase metade das crianças inglesas são mordidas por cachorros até os 7 anos de idade. E isso acontece porque muitas delas, ao verem um cão mostrar os dentes ao rosnar, entendem que ele está sorrindo e se aproximam do animal. Dessa forma, os pequenos ficam sujeitos a mordidas no rosto e no pescoço.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

10 – O sorriso amarelo é diferente do riso verdadeiro. A descoberta é de cientistas do Instituto de Tecnologia do Massachussets. Para chegarem a essa conclusão, eles desenvolveram um sistema computadorizado que, após registrar as reações faciais de diversas pessoas em situações de alegria e frustração, mostrou que sorrisos sinceros crescem gradualmente e demoram mais a desaparecer.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

11 – Você sabia que macacos também conseguem rir. Já no século XIX, o naturalista inglês Charles Darwin registrou no estudo ” A Expressão das Emoções no Homem e nos Animais” que, se alguém fizesse cócegas num jovem chimpanzé, ele seria capaz de emitir sons parecidos com risadas.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

12 – Sorrir de verdade faz bem para o humor. A descoberta é de pesquisadores da universidade de Michigan, dos Estados Unidos. Num experimento, eles avaliaram o desempenho e animação de um grupo de atendentes que distribuíam falsos sorrisos para clientes e outro grupo com funcionários que espalhavam sorrisos sinceros. No fim, os pesquisadores constataram que aqueles que sorriam com sinceridade tinham mais bom humor e trabalhavam melhor que os outros.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

13 – Beber ajuda homens a sorrir. É o que aponta um estudo realizado com cerca de 720 pessoas divulgado pela publicação Clinical Psychological Science. Nele, os participantes foram divididos em três grupos, que receberam drinks com vodka, bebidas sem álcool e sucos (sendo que os últimos foram informados que tomavam drinks alcóolicos). No fim, os cientistas perceberam o número de homens sorrindo durante as sessões com drinks com vodka foi maior do que nas outras duas situações.  (Fonte: Revista Exame – 15.12.2014)

Em resumo, os benefícios de sorrir são enormes

  • Diminuir a ansiedade
  • Reduzir a pressão arterial
  • Reforçar o sistema imunológico
  • Tonificar os músculos do rosto
  • Relaxar
  • Aliviar dores
  • Aumentar concentração

Sorrir é grátis, sorrir faz bem, rejuvenesce, te deixa mais bonito (a), mais leve, mais disposto.

Tags: , , ,

15 Comentários

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *