Responsive image

maio 10, 2016

Trilogia – O Teste

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!!

 

E que tal uma resenha de livro para aquecer esse começo de semana??

 

E o escolhido de hoje é a trilogia O Teste!
Livros: O Teste / Estudo Independente / A Formatura – todos com 320 páginas cada.
Editora: Única
Autor: Joelle Charbonneau
 
 
O que eu achei: Para começar a trilogia “O Teste” é uma distopia, ou seja, uma crítica social, a falsa sensação de segurança, a esperança por um futuro melhor, a descoberta da opressão do governo totalitário, esse tipo de coisa.  Tem uma escrita mais informal, porém, por ser uma trilogia voltada para o público adolescente achei cansativo por ter detalhes demais em algumas partes, várias vezes pulei uns pedaços para não deixar o livro de lado.
No primeiro livro “O Teste – Seu tempo está acabando…” é quando tudo começa, Cia (personagem principal) é escolhida para participar do teste, que nada mais é do que um “vestibular” para entrar na faculdade.
O pai de Cia, que já passou pelo teste, avisa que esse não é um teste comum e que para todos os efeitos ela não deve confiar em ninguém, mesmo os outros da mesma colônia que foram escolhidos também.
O teste é uma avaliação física e mental de todos os participantes, onde se chega ao extremo, e quando digo extremo significa matar para ser aprovado.  Cada prova, cada conversa, cada passo…tudo é monitorado e avaliado, e muitos são “redirecionados”  o que não é nada bom.  Cia e seus amigos descobrirão isso na marra.
A última prova do teste é passar por uma área selvagem e cheia de armadilhas, onde quem sobreviver finalmente ingressará na tão sonhada faculdade.  Mas Cia ainda enfrentará muitas mortes e ciladas.
Em “Estudo Independente“, segundo livro da trilogia,  Cia já está aprovada e ingressa na faculdade, porém ela e os outros alunos não se lembram de nada do que passaram nas provas do teste, todas as mortes, traições e fases foram simplesmente apagadas…mas pq?  Qual o interesse dos organizadores e da presidente que os alunos não se lembrem de nada?
No decorrer do livro, Cia e seus amigos começam a descobrir o real motivo do teste e o pq dele ser tão sangrento.  Devido a “grande esperteza” de Malencia (Cia), ela é convidada a estagiar em Estudos Governamentais, que nada mais é do que o governo de Tosu City, o que ela nem desconfia é que ali a competição é muito mais ferrenha e será exigido dela muito mais de inteligência, será um estágio de vida e muitas mortes.
Esse foi o livro mais complicado e cansativo de terminar, pulei algumas partes e precisei parar várias vezes para não desistir de vez.  Acho que a autora podia eliminar no mínimo umas 100 páginas só de detalhes sem importância (minha opinião).
A Formatura” é o último livro da trilogia.
Cia percebe que o fato de trabalhar direto com a presidente Collindar a torna o alvo preferido dos estudantes, de vários professores e também dos rebeldes.
É nesse livro que descobrimos o pq de todos os horrores no “teste” e onde Cia e seus amigos se juntam para derrubá-lo.  Não será fácil, ela fará escolhas que a acompanharam para o resto da vida.
Confesso que o final me surpreendeu, não esperava toda essa reviravolta, sabe aquela história que o vilão não é tão vilão assim e o mocinho também não é a perfeição em pessoa?  Pois é, isso acontece aqui.
Com toda a crítica internacional e também nacional comecei a ler com uma expectativa gigante e me decepcionei em alguns pontos:
  • Que guerra é essa que o livro tanto fala?
  • Encontrei vários erros de concordância, por ser um livro para adolescente esse tipo de coisa não pode acontecer (onde está a revisão?).
  • Cia tem uma capacidade psicológica, mental e física que eu nunca vi em uma pessoa de 17 anos.  Acho que a autora exagerou um pouco na perfeição da personagem.
  • Achei que em algumas partes, principalmente no livro 2, houve muita “enrolação” na história.  O livro em geral não é nada objetivo.
  • Foi impossível não comparar a trilogia “O Teste” com “Jogos Vorazes”, o enredo é muito parecido.
  • Senti falta de um final para os personagens secundários, a impressão que tive é que eles foram simplesmente esquecidos.
Resumo:
  • Não, eu não leria novamente nenhum dos três livros;
  • Sim, eu indico a leitura da trilogia, mas já aviso: Tenha paciência, tanto com os detalhes como com Cia (que as vezes dá vontade de entrar no livro e dar uma surra na bendita rsrs);
  • Sim, acho que vale um filme, seria interessante.
  • Não, não está entre os melhores livros que li.
  • Não, não é um livro extremamente adolescente, até pq fala muito de política e jogos políticos, logo trabalha um pouco a mente.
  • Minha nota de 0 a 10….6 por ser cansativo em várias partes.
  • Gostei de como eles colocam a figura do líder, é mostrado os dois lados: confiar ou não confiar…questionar ou seguir.
Ficou curioso com algum detalhe?  Quer discutir algum ponto que achaste interessante? Já leste os livros?  Sentiu falta de alguma informação?
Escreva tudo nos comentários!  Teremos o maior prazer em respondê-los!

Tags: , , , , , , , ,

70 Comentários

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *