Responsive image

maio 13, 2015

Pele escura? Veja como tratar!

Postado por Erica

Bom dia, Mulherzinhas!

Eu tenho as axilas escuras porque uso lâmina para depilar, e já tentai vários tipos de tratamento e nenhum clareou de fato a pele, o máximo que acontece é uma leve mudança na tonalidade.
Mas não canso de tentar, afinal é muito feio a pele escura e manchada.  Então aí vai mais algumas dicas para quem quiser tentar 🙂
Vamos começar explicando os principais fatores que levam ao escurecimento das axilas e virilha…

Sabe o que o método de depilação, o atrito com roupas, os hormônios femininos e o uso de desodorantes têm em comum? São os principais fatores que contribuem para a hiperpigmentação de regiões como virilhas e axilas. Por possuírem uma pele mais sensível e estarem em um local de dobra cutânea, essas áreas são mais suscetíveis ao aumento da pigmentação.

Roupas justas, de tecidos grossos ou ásperos, funcionam como uma superfície abrasiva e devem ser evitadas. O uso de desodorantes com alto teor de cloridróxido de alumínio, álcool ou triclosan pode causar irritação ao reagirem com a pele, levando ao espessamento e à mudança de coloração. A depilação feita com lâmina, cremes depilatórios ou ceras, além de inflamações seguidas de encravamento de pelos, têm sua parcela de culpa também. O melhor método é aquele que irrita menos a pele, e isso é muito individual. Hoje a depilação a laser é a mais indicada, pois diminui a tendência a foliculite.
Embora o escurecimento seja uma característica da pele, ele se manifesta com maior frequência em pessoas morenas e negras. “Por produzirem mais melanina, estão mais sujeitas à hiperpigmentação. Porém, as pessoas mais claras, que produzem menos melanina, também podem apresentar as regiões da virilha e axilas um pouco mais escuras quando expostas a agentes irritantes”.

Entre as opções disponíveis no mercado estão clareamentos a laser, que removem parte da pigmentação escura, o uso de ácidos despigmentadores e peelings superficiais, que não agridem a pele e ajudam na remoção das células mortas. “O tratamento varia de acordo com a causa e deve ser orientado por um dermatologista”.
Em casa, você também pode tomar alguns cuidados básicos, mas muito valiosos. Veja:
1) Ao se depilar com lâmina, use cremes ou espumas específicas. Suas propriedades emolientes que ajudam a lâmina a deslizar;
2) Após a remoção dos pelos, use filtros protetores. O sol e outras fontes de luz estimulam a atividade dos melanócitos;
3) Cremes hidratantes funcionam como uma barreira para que atritos sejam minimizados. Por isso, não esqueça de usá-los;
4) Esqueça os métodos caseiros de clareamento. Limão com açúcar, aveia com fubá ou pasta de argila não funcionam e podem até colocar a saúde em risco. O limão, por exemplo, é ácido e, quando exposto ao sol, pode queimar e provocar lesões graves na pele;
5) Atente-se aos elementos presentes no seu desodorante e evite fórmulas concentradas.
O ideal mesmo é procurar um dermatologista que te indicará o tratamento mais adequado 🙂

Tags: , , ,

Deixe o seu Comentário aqui!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *