terça-feira, 23 de agosto de 2016

14

Batom Ludmilla para Dote

Bom dia, Mulherzinhas!!
Que tal uma dica de batom com cores lindas?
Essa é a linha da Ludmilla para a Dote, sim, aquela empresa que tem esmaltes maravilhosos :)
Não farei uma resenha tradicional pq são várias cores e aí ficaria muito enorme.  Mas falarei um pouco sobre o que achei.
A Dote já é bem conhecida no ramo dos esmaltes, mas agora está com uma coleção de batons líquidos matte metalizados que leva o nome da Ludmilla.  Seguindo o estilo modermo e atual, a coleção traz cores clássicas e tonalidades mais ousadas.
Confesso que tive problemas com algumas cores, mas vamos por partes.

  • Cobertura - as cores mais escuras mancham um pouco conforme vc podem ver nas fotos abaixo. E por mais que tentemos passar duas camadas continua manchado, o primeiro por exemplo é um azul, mas passei 3 camadas para tirar o manchado e acabou ficando quase preto :)  Já as cores claras são super simples de passar e a cobertura é ótima.
  • Durabilidade - durou cerca de 3h, e foi um dia de evento então falei bastante rs
  • Perfume - não senti nenhum cheiro, o que já é um ponto positivo.
  • Fixação - posso classificar como média, já que tive problemas com as cores fortes.
  • Embalagem - algumas embalagens com a logo manchada, o nome das cores por cima da logo e outros não vieram com nome do batom na embalagem.  Ela é transparente o que ajuda na identificação das cores e bem resistente pq já derrubei no chão algumas vezes rsrs
  • Preço - gente, o preço é super em conta, R$ 15,00 em média.
  • Secagem - também classificação média, leva mais ou menos 3 minutos para secar totalmente e conseguirmos passar uma nova camada.  Mas fique atenta, não esfregue demais o pincel para não retirar a primeira camada.
  • Acabamento - o batom é matte e metálico. Em algumas cores, como o azul (primeira cor), fica bem matte.  Já outras, como o roxo (terceiro) fica um pouco mais cremoso.
  • Remoção - é fácil, com um demaquilante simples consegui retirar todo o produto.
Em geral, as 6 cores que eu testei tiveram uma classificação média, de 1 a 10 seria 6,5.
Mas é bom deixar claro que a Dote está entrando no mercado de batons líquidos.  Lembra quando a Vult e a Dailus entraram no mercado?  Os batons tinham a qualidade horríveis e elas foram aperfeiçoando.  Isso está acontecendo com a Dote também. As próximas coleções podem esperar que vem produtos muito melhores assim como são os esmaltes.
Se eu compraria?  Sim, pq as cores são lindas e super tem minha cara, acho que a Ludmilla acertou na escolha dos tons.

Não coloquei as cores pq joguei fora o plastico que revestia a embalagem e onde tinha a cor, então eu não saberia dizer o nome de todas as cores.
Sentiu falta de alguma informação?  Manda sua pergunta nos comentários :) 
Gostou das cores e quer experimentar? Na loja Belmax tem.
Quer saber mais da marca Dote?  Acesse a fanpage Dote Oficial.

domingo, 21 de agosto de 2016

45

Música nas escolas

Bom dia, Mulherzinhas!

Brasileiro é muito fã de música, praticamente corre no sangue, mas poucos decidem aprender de verdade alguma técnica ou teoria.  
Eu estudei música desde os 5 anos de idade, quase todos em casa tiveram algum contato com a música seja instrumental ou canto, e hoje posso falar com conhecimento a importância do estudo musical nas escolas.
Já faz tempo que rola uma discussão enorme sobre o ensino obrigatório de música nas escolas públicas, mas muitos pais e mesmo alunos não sabem da real importância dessa matéria e acabam não ligando muito para isso, achando que é pura perda de tempo.  Por isso, decidi listar alguns motivos para o ensino de música e também os benefícios que ela traz.
A música contribui para a formação integral do indivíduo, reverencia os valores culturais, difunde o senso estético, promove a sociabilidade e a expressividade, introduz o sentido de parceria e cooperação, e auxilia o desenvolvimento motor, pois trabalha com a sincronia de movimentos", explica Sonia Regina Albano de Lima, diretora regional da Associação Brasileira de Ensino Musical, (ABEM) e diretora dos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu em Música e Educação Musical da FMCG (Faculdade de Música Carlos Gomes).  O trabalho com música desenvolve as habilidades físico-cinestésica, espacial, lógico-matemática, verbal e musical. "Ao entrar em contato com a música, zonas importantes do corpo físico e psíquico são acionadas - os sentidos, as emoções e a própria mente. Por meio da música, a criança expressa emoções que não consegue expressar com palavras", completa Sonia Regina. "A música faz bem para a autoestima do estudante, já que alimenta a criação".
Música pode refletir conceitos históricos e inserir os alunos dentro da cultura local e regional.
Pesquisas apontam que a música melhora a leitura e a compreensão de textos e também o desempenho em matemática.  Diversos estudos já comprovaram a correlação da música no tocante à aptidão escolar. Pesquisas realizadas por estudiosos alemães concluíram, por exemplo, que pessoas que analisam tons musicais possuem determinada área do cérebro 25% maior em comparação àquelas que não desenvolvem qualquer trabalho com música.  Além disso, outro estudo conduzido pela parceria entre o Instituto ABCD – que ajuda na identificação e tratamento de distúrbios de aprendizagem – e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) entre grupos de estudantes com e sem contato musical também apresentou resultados positivos.
Povos da antiguidade oriental já defendiam o ensino da música: Políbio atribuiu à música o poder de alterar o comportamento humano, o que parece que algumas ONGs redescobriram pelo menos dois milênios depois, já que as artes vêm resgatando jovens da marginalidade em vários projetos sociais, posso citar o afro-reggae e o Acema. Platão por sua vez reconheceu nesta arte, grande influenciadora da forma de governo, o que nos faz lembrar que renomados músicos de que hoje são considerados ícones da música popular, foram extraditados em tempos de ditadura militar culpados de subversão por usar suas composições para denunciar abusos contra o povo, posso citar Gilberto Gil, Chico Buarque entre tantos outros. Na China Kung-Fu-Tse latinizado por Confúcio atribuía a música o poder de ordenar a moral do povo (moral no sentido de valores e costumes).  Make Money Online : http://ow.ly/KNICZ
Eu posso ficar horas escrevendo sobre o assunto que não terá fim, então falarei um pouco da minha experiência com a música:
  • Socialização - Eu sou extremamente tímida e a música ajuda e muito na parte "fazer amizades e conhecer pessoas".
  • Concentração - Quando estudamos música precisamos repetir determinadas lições 300 vezes por dia para alcançar a quase perfeição e isso requer uma concentração enorme.
  • Relaxamento - Até hoje quando preciso relaxar ou produzir qualquer conteúdo muito complicado a música é companheira inseparável.
  • Interpretação - A música precisa ser interpretada, cada nota, cada andamento, cada instrumento, isso nos dá um leque enorme de interpretações que nos ajudam na leitura tanto em português como em história, hoje por exemplo, tenho uma facilidade enorme para estudar sozinha matérias de humanas.
  • Raciocínio - Na música precisamos lidar com vários aspectos todos juntos, por exemplo, quem toca piano precisa ler várias notas ao mesmo tempo, precisamos ler várias notas a frente daquilo que tocamos, ou seja, nosso raciocínio fica ultra rápido.
  • Visão periférica - Quando tocamos precisamos nos atentar para a partitura que está a nossa frente, ao maestro que está um tanto distante e também aos nossos pares de estante e naipe, ou seja, nossos olhos enxergam tudo e mais um pouco.
  • Audição - Quando tocamos primeiro devemos afinar os instrumentos isso requer um ouvido trabalhado para identificar "erros" mínimos de afinação.  Depois precisamos ouvir todos os instrumentos da orquestra/banda para conseguirmos tocar de acordo e no mesmo andamento.  Isso requer uma audição sensível e afinada.
  • Coordenação - para todos os instrumentos precisamos pensar em uma coisa, enxergar outra e fazer uma coisa com cada mão, isso nos dá uma coordenação motora incrível.  Imagina você ler uma nota e ter que tocar outra?  Imagina você tocar uma coisa e estar lendo 4 linhas na frente? Imagina você tocar uma coisa com cada uma das mãos e ainda usar os pés para outra totalmente diferente?  O músico consegue fazer isso e muito mais.
  • Sensibilidade - em geral, músicos desenvolvem uma sensibilidade muito mais apurada que a maioria da população, pelo simples fato que ele tem que interpretar símbolos e transformá-los em música e sentimento. 
Esses são só alguns dos efeitos que eu tive como experiência, estudei música dos 5 aos 24 anos, passando por flauta doce, canto, piano e violino.  Confesso que hoje sou mais exigente e tenho um senso muito mais apurado por causa da música.
A música é tão importante que hoje temos a profissão de musicoterapeuta, que trabalha com a música para curar e aliviar dores e doenças.
Acho que não preciso dar mais motivos para que todos sejamos defensores do ensino de música em todas as escolas.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

59

Bombastick da Luxor

Booomm dia, Mulherzinhas!

Hoje é dia de novidade!
Já viu esses batons metálicos que estão rodando pela net?
A Luxor Cosméticos trouxe uma linha mega especial desses acabamentos em formato matte e líquido!!  É a linha Bombastick.
Mostrarei duas cores da linha de batons matte metálicos Bombastick.
Produto: Batom matte metálico
Linha: Bombastick
Cores: Gold Lips (dourado) e Violet (roxo)
Marca: Luxor Cosmeticos
Valor médio: R$ 16,90
Onde comprar: Loja Luxor Cosméticos Online
Durabilidade: Depende muito do uso.
O que a empresa diz sobre o produto: Não craquela, possui super cobertura e alta durabilidade. Garante efeito aveludado e não deixa a boca seca.  E tem cheirinho de chocolate maravilhoso!
O que eu achei: Meu ponto de vista é diferente em cada uma das cores, mas vamos lá.
  • Durabilidade - A durabilidade foi diferente em cada uma das cores, no dourado durou em média 2 horas e o violeta durou em média 4 horas.  Lembrando que esse período depende muito se você fala muito, come, bebe água...tudo isso diminui a durabilidade de qualquer batom.
  • Pigmentação - Achei ótima de ambas as cores.  O dourado não fica chamativo e ainda tem o brilho do metálico e o vileta é simplesmente maravilhosa a pigmentação e a aderência nos lábios.
  • Transferência - Ambos transferem super pouco quando a superfície for branca.
  • Praticidade - Achei super prático esse bocal plástico, afinal, se alguma coisa sair errado é ele que suja e não a embalagem exterior.  Gostei bastante do pincel, é bom fofinho e não machuca os lábios e a embalagem transparente ajuda a vermos a cor.
  • Retoque - Para retocar é melhor tirar o "restinho" de batom dos lábios e passar novamente, se você não costuma fazer hidratação, seria legal passar um hidratante labial antes.
  • Preço - O preço está super dentro das médias do mercado e ainda traz o selo de qualidade de uma empresa como a Luxor Cosméticos.
Em resumo, eu achei que o dourado sumiu um pouco por causa da cor da minha pele, então pra quem é branquinha e quer um batom metálico dourado que seja discreto essa é uma boa opção.  Agora se você tem pele negra sem sombra de dúvidas irá arrasar com essa cor.  Já o Violet achei bem legal a tonalidade tanto para peles negras quanto para brancas (ou gasparzinho como eu rsrs)
Achei bem prático já que preciso somente de uma camada para ficar com cobertura perfeita, o único incomodo é que para retocar é melhor tirar o batom e passar novamente.  Me senti um pouco incomodada com duas camadas do batom, na foto acima o dourado está com duas camadas.

Sentiu falta de alguma informação?  Escreva nos comentários que nós responderemos.
Se interessou pela marca e produtos e quer comprar?  Acesse a loja online da Luxor Cosméticos.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

52

Meia calça, escolha a sua!

Bom dia, Mulherzinhas!

Quem nunca usou meia calça na vida??? Nem aquelas branquinhas cheias de corações quando criança?
Eu já usei várias, desde as coloridas até as estampadas.  Mas você sabe a história dessa peça que hora está na moda e hora está fora de moda, mas que nunca sai das prateleiras das lojas?
Alguns historiadores contam que os Egípcios foram os primeiros a vestir meias.. Na verdade eram pedaços de pano amarrados nos dedos dos pés... Mas não se vê registros disso, só mesmo das sandálias feitas de palha, papiro ou fibra de palmeira... E quem usava eram os nobres. O povão andava descalço!
Em 1589, a Rainha Elizabeth I começou a usar seus primeiros pares de meia de seda! Os homens dessa época usavam meias muito mais do que as mulheres, pois até o século 20 uma senhora nunca poderia mostras as pernas.
Nos anos 20 o comprimento dos vestidos e saias começou a mostrar um pouquinho das pernas, e nesses casos a meia era obrigatória. Incialmente era de seda ou rayon, e só depois dos anos 40 começou a ser produzida com nylon.
O nylon era utilizado originalmente apenas como linha de pesca! Mas em 1939, Dupont descobriu a fibra e começou a confeccionar meias! A Dupont bombou, tanto que é conhecida até hoje!
Nos anos 40 e 50,  a meia-calça estava presente nas produções de atrizes e dançarinas em filmes e teatros! Como destaque, a atriz e dançarina Ann Miller, que deixou a meia mais popular com filmes como “Daddy Long Legs”...
Em 1953, Allen Gran, de Glen Raven Knitting Mills desenvolveu a “Panti-Legs”mas ainda não era comercializada... Então Sr. Ernest G. Rive inventou seu próprio design (muito similar ao que usamos hoje) e em 1956 patenteou a ideia! O design foi adotado por outros, causando disputas nos EUA!!
Em 1960, começou a ser produzida com elastano, deixando-a mais confortável.. E com a vinda  minissaia, virou um item fashion necessário!
A partir dos anos 70 a popularidade só aumentou... 
E hoje temos no mercado diversas cores, estilos, estampas, material e modelos.
Além do mais, com a democratização da moda, podemos fazer diversas combinações, desde as mais diferentes até as mais tradicionais com saia lápis, meia calça preta e scarpin.






E você, é ou já foi adepta da meia calça?  Qual seu estilo?  Conte para nós!!
Eu gosto de todas, só não uso aquelas de cor da pele pq nunca ficam da cor da minha pele, aí acho estranho rsrs

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

38

Felicidade

Bom dia, Mulherzinhas!

Quem está feliz levanta a mão!!! \o/ \o/ \o/
Mas afinal o que é felicidade e como se defini?
Definir felicidade é uma coisa tão difícil pq depende de N fatores que para cada pessoa é muito diferente da outra.
E fora que a sensação de felicidade também é difícil de descrever, alguém aí consegue?
É um "euforismo", ou uma paz, ou uma sensação de dever cumprido, ou vontade de chorar, ou vontade de sorrir, ou tudo ao mesmo tempo....
Muitas pessoas falam que felicidade é um estado da consciência plenamente satisfeita, mas alguém sabe descrever o que é uma consciência satisfeita?
Pra mim é algo totalmente maluco rsrs
Para Daniel Gilbert, professor de psicologia da Universidade de Harvard, a felicidade é difícil de ser explicada, é difícil dizer o que é, mas sabemos quando a vemos ou quando sentimos. (vai me dizer que não é algo louco rsrs)  Para Gilbert, felicidade não é uma sensação eterna, é um estado de êxtase.
Aí vem aquelas pessoas e querem te dar a fórmula da felicidade.  Será que existe uma fórmula?
Eu não acredito que exista, pq o objetivo de vida de cada pessoa é muito diferente.  O momento que vivemos também difere e esse estado de êxtase que Daniel fala muda dependendo da situação.  Por exemplo, hoje tomar um café na esquina, observando o movimento pode te trazer uma felicidade imensa, só que amanhã esse mesmo café transforma-se em algo totalmente desagradável e até te dá dor de estômago.
Por isso que eu acho que o mais importante é vivermos cada fase da nossa vida como se fosse a única.  Sabe aquela história "viva cada dia como se fosse o último"?  É bem por aí, as vezes estamos tão preocupados que deixamos a felicidade passar!!  E o pior é que quando nos damos conta que isso aconteceu, bate aquela sensação de incapacidade que toma conta por completo.
É obvio que não existe fórmula para a felicidade, mas acho que se conseguíssemos desacelerar um pouco e prestar atenção em tudo que fazemos essa sensação de êxtase seria muito mais presente.  As vezes fazemos tanta coisa no automático que esquecemos até da nossa fragilidade...esquecemos que amanhã podemos amanhecer doentes...que podemos perder aquela pessoa querida na próxima hora...que o mundo pode dar uma daquelas voltas e tudo mudar...esquecemos que a felicidade pode estar nos pequenos detalhes, nas pequenas coisas, nos pequenos gestos.
Não estou falando que você precisa parar de viver e começar a ver a vida em câmera lenta, não falei que sua vida deve ser um eterno comercial de margarina...estou falando que se você precisa dirigir no transito aproveite para ouvir aquele música que tanto gosta, se você precisa pegar metro lotado aproveite para ler aquele livro que está encostado na estante...

Eu por exemplo, aprendi a olhar as pequenas coisas da vida, foi na marra mas eu aprendi rsrs
Adoro brincar com minha cachorra, amo tomar aquele chocolate quente enquanto observo o céu cinza pela manhã, é uma delicia tomar banho e sentir cada pingo de água no corpo e quando estamos esperando o transporte e começamos a observar o quão diferente somos?!  Tudo isso é felicidade pra mim, pq é uma sensação de paz incrível!!!
O que eu quero dizer?  Tire 15 minutos e descubra o que te faz feliz, muita gente não consegue listar 3 coisas que a fazem feliz!  Então descubra.
Estamos muito acostumados a reclamar mas quais são as atitudes que tomamos para sermos mais felizes e mais plenos?
© mulherzinhas s/a - 2016. Todos os direitos reservados.
DESIGN E PROGRAMAÇÃO por: MUNDO PINK DESIGN.
imagem-logo